terça-feira, 30 de novembro de 2010

DOAÇÕES - O Zé já começa indicando no seu portal uma campanha nacional - CORREIOS


Figura adaptada de http://www.correios.com.br/papainoelcorreios2010/default.cfm

Após um período de reflexão sobre o consumo, o Zé pretende dedicar dezembro de 2010 para incluir entidades que recebem doações como ajuda. E para dar início a essa saga vamos falar nad mais nada menos do que o Papai Noel dos Correios.

Caso você ainda não saiba para que instituição fazer uma doação, está é uma grande candidata, lembrando sempre que a decisão final é sua, o ZÉ somente está catalogando as opções que no seu entendimento podem ser boas alternativas.

Trata-se de uma campanha realizada há mais de 20 anos por uma das instituições de maior credibilidade no Brasil em vários anos.
Os Correios foram eleitos pela sétima vez consecutiva a instituição mais confiável do Brasil na pesquisa Marcas de Confiança 2008, realizada pela revista Seleções do Reader's Digest, com respaldo técnico do Ibope Solution. A empresa obteve 86% dos votos na categoria Instituições/Organizações, superando o Real (70%) e as Forças Armadas (64%).1

Abaixo uma cópia do texto do Papai Noel dos Correios 2010 do site dos correios, de preferência leiam através do site que é o lugar oficial da campanha, pois aqui o texto pode ficar desatualizado devido a alguma modificação e o Zé não vai ficar sabendo:
http://www.correios.com.br/papainoelcorreios2010/default.cfm

___________________________________

Papai Noel 2010

Realizada há mais de 20 anos, o Papai Noel dos Correios é uma das maiores campanhas sociais natalinas do Brasil. Distribuir presentes não é meta institucional da campanha, a principal preocupação é responder aos remetentes das cartinhas endereçadas ao Papai Noel e promover a mobilização dos Correios e da sociedade em torno dos sonhos das crianças brasileiras. A disseminação, em todo país, de valores natalinos como amor ao próximo, solidariedade e felicidade é o principal benefício conquistado graças à vontade dos mais de 108 mil empregados e à solidariedade da sociedade brasileira.

Em 2010, foram estabelecidas parcerias com escolas públicas, creches e/ou abrigos que atendem crianças em situação de vulnerabilidade social. Desta forma, a campanha alinha-se a um dos Objetivos do Milênio estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU), denominado "Educação básica de qualidade para todos". A campanha terá por objetivo responder às cartinhas das crianças em situação de vulnerabilidade social que escrevem ao Papai Noel e também estimular a redação de cartas manuscritas, além do uso correto do Código de Endereçamento Postal (CEP) e do selo postal.

Objetivos

Levar o encantamento do Natal a milhares de crianças por todo país é o principal objetivo de uma das maiores campanhas sociais natalinas do Brasil, o Papai Noel dos Correios.
Além disso, a campanha tem por objetivo específico responder às crianças que escrevem ao Papai Noel e atender, sempre que possível, aos pedidos de presentes de Natal das que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Em 2010, mais um importante objetivo foi estabelecido: trabalhar com as crianças o poder da comunicação por meio da redação de cartas ao Papai Noel. A meta é contribuir para o desenvolvimento da habilidade da escrita, da redação de carta e do endereçamento correto, com destaque para a importância do Código de Endereçamento Postal (CEP) e do selo postal.

Benefícios e contribuições para sociedade

O principal benefício que o Papai Noel dos Correios proporciona à sociedade é a disseminação em todo país dos valores natalinos como amor ao próximo, solidariedade e felicidade. A união de empregados ecetistas e sociedade brasileira em torno da realização dos sonhos infantis é a maior contribuição social da campanha.
Em 2010, a campanha ganhou mais um objetivo: contribuir para o incentivo à escrita por meio da redação de cartas. Distribuir presentes não é meta institucional da campanha Papai Noel dos Correios. A principal preocupação é responder aos remetentes das milhares de cartinhas endereçadas ao Papai Noel. Sensibilizados com os pedidos contidos nas cartas selecionadas, os Correios convidam a sociedade para integrar essa mobilização nacional e realizar sonhos!

Cronograma nacional

O período de recebimento e adoção de cartas, envio de resposta às crianças e entrega dos presentes é definido pela Diretoria Regional de cada um dos estados, porém deverá estar compreendido no período indicado abaixo. Para conhecer o período da campanha em seu estado, entre em contato com o representante do seu estado.
  • Recebimento e adoção de cartas, envio de resposta às crianças e entrega dos presentes pelos Correios: 04/10/2010 a 17/12/2010
  • Lançamento nacional da campanha: 05/11/2010
  • Encerramento nacional da campanha: 20/12/2010

Histórico

Resultados dos anos anteriores

Em 2009, em todo o país, foram postadas quase 2 milhões de cartas ao Papai Noel. Desse total, por meio da campanha, foram entregues 413.602 presentes. A demanda pelo Papai Noel dos Correios vem crescendo anualmente. Em 2009 foi registrado o maior índice de crescimento no recebimento de cartas (89%), quase o dobro do número de 2008. Os resultados demonstram a amplitude da campanha e a confiança da sociedade nos Correios.
Ano Recebidas Adotadas
2009 1.981.154 413.602

Divulgação

Disseminar o encantamento natalino só é possível com ajuda na divulgação das ações do Papai Noel dos Correios. Por isso convidamos você para integrar essa grande mobilização de solidariedade como agente comunicador das seguintes informações:
_________________________________2

Acaba aqui então a parte do Zé, fiz a divulgação e espero que já desperte em alguns o espírito de solidariedade. Não tem muito que ser falado mais, pois essa campanha dos Correios já é uma velha conhecida dos brasileiros.

O Zé já adotou uma cartinha nesse ano, essa cartinha foi retratada na matéria do consumismo infantil e pode ser lida clicando aqui, sem querer levantar a bola do Zé, vale a pena ler pois foi escrita com muita dedicação.

Até a próxima entidade, acompanhem as indicações nesse mês de dezembro, pois ainda tem muita entidade boa por aí.

Gostou da matéria? Se sim, agora é com você, faça sua parte ajudando o Zé a ajudar, envie para seus contatos essa matéria e vote abaixo afim de criarmos consenso coletivo sobre as entidades apresentadas

Para ler mais matérias sobre Doações, clique aqui

Fontes:
1- http://www.newslog.com.br/site
2- http://www.correios.com.br/papainoelcorreios2010



Doação e Sustentabilidade




Fim de ano chegando! E chega a hora de fazermos as nossas reflexões, tempo de pararmos um pouco os nossos afazeres do dia a dia e reorganizarmos nossas vidas para o próximo ano que se inicia em breve.

Mas acredito que a reorganização não deve se limitar às nossas ideias, pensamentos e sonhos. Devemos também reorganizar nossa casa e dispormos daquilo que não nos tem mais utilidade. O ser humano é assim mesmo, tem uma grande tendência ao consumo exagerado e quando percebemos, nossos armários estão abarrotados de coisas que não usamos mais e até algumas que nem chegamos a fazer uso.

Mas isso é também culpa dessa nossa sociedade que cada dia mais nos incita a sermos consumistas ao extremo, sem necessidade.

Pensando nisso, vai uma ideia aí para aqueles que chegam nessa época e não sabem o que fazer com tanta coisa entulhada em casa e principalmente para aquelas pessoas que tem uma certa dificuldade em se desfazer de seus pertences, mesmo que eles não sirvam mais.

A ideia é. Doe! Doe a quem precisa e não tem. Dê o que não lhe serve mais para alguém ou alguma instituição como creche ou igreja. Faça uma limpeza em sua casa e tudo que você puder dar, o faça. Aqueles menos afortunados do que você lhe serão eternamente gratos.

Mas não faça uma caridade apenas com o intuito de deixar seu lar mais organizado ou para se sentir menos culpado por ter mais do que outros. A caridade deve ser feita de coração, pela simples vontade de ajudar quem tem menos.

Não estou aqui dizendo para você pegar tudo o que tem e sair por aí distribuindo pela rua. Não! Caridade não é isso. Ser caridoso, na minha opinião, é ter a consciência que de você teve a sorte de ter um pouco mais do que outros tem, então, o que lhe sobra, o que lhe é supérfulo, pode ser o básico que o outro precisa.

Fazendo isso, além de estar sendo de grande ajuda para os mais carentes, também estará contribuindo para a sustentabilidade do nosso planeta. Sim, isso mesmo! Quando nos desfazemos daquilo que não usamos mais e dispomos a outros, estamos sim contribuindo para a sustentabilidade, visto que estamos deixando de jogar coisas no lixo e abarrotando mais ainda os lixões de nossa cidade, para proporcionarmos uma vida melhor aos mais necessitados.

Faça uma reflexão de final de ano, olhe pra dentro de sim mesmo, de sua casa, seus armários e gavetas e veja como a sustentabilidade e a prática dela pode estar dentro de si.

Para ler mais matérias de Ana Flávia clique aqui


domingo, 28 de novembro de 2010

Prêmio Dardos 2010 - Entrega

Prémio Dardos

Após a feliz surpresa por esse blogue ser agraciado pelo Prémio Dardos entregue da nossa querida Manuela Araújo do blogue Sustentabilidade é acção e honra pelo significado do prêmio e por ter recebido de uma pessoa que age há um bom tempo em prol de um mundo sustentável e mais justo, cujo blogue é uma referência à grande maioria dos blogueiros envolvidos nessas mesmas causas por todo o mundo, dou prosseguimento às regras do prêmio.

O significado deste selo é o seguinte: 
«O Prémio Dardos é o reconhecimento dos ideais que cada blogueiro emprega ao transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais, etc... que em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, e suas palavras. Estes selos foram criados com a intenção de promover a confraternização entre os blogueiros, uma forma de demonstrar o carinho e reconhecimento por um trabalho que agregue valor à Web» 

Receber o prémio implica aceitar as suas regras, que neste caso são:
1 - Exibir a imagem do selo no blogue;
2 - Revelar o link do blogue que atribuiu o prémio;
3 - Escolher 10, 15 ou 30 blogues para premiar.
Em continuidade ao ato, que realmente faz com que cresçamos como blogueiros e seres humanos e para cumprir a regra nº 3, indico a seguir 30 blogues/sites relacionados a temas que envolvam equilíbrio e respeitem o significado imposto ao selo em questão, assim entrego o prêmio a (A ordem não importa):

Um Par de Óculos Della Coelho
Atitude Eco Inspira Alma
Fazendo Arte Terapia Gospel Ecologia
Blogreen Paocomtudodentro
Idéias Sustentáveis Ebrael Shaddai
Viver com Saúde Pincelando a vida
Nutrição: Vida Saudável Vitor S. Gomez
Blogue de Henrique Freire Soares Belani-r Contos e comentários
Converse com a nutricionista Expansão de Consciência
365 coisas que posso fazer... Travessia
Semente que voa Salve meu bairro
Bio Terra Solitária Liberdade
Os Verdes Ao pé do ouvido
Vida Livre A guria dourada
RENOVA - Ecologia & Arte Ponto do Power Point



sábado, 27 de novembro de 2010

Dia sem compras e o Consumismo infantil


consumismo infantil


Dia 27 de novembro, dia sem compras

Nessa quarta feira dia 24 foi postado uma super matéria pela nossa amiga Yolanda do Ponto do Power Point, talvez algumas pessoas tenham lido. Como estamos em pleno dia 27, o dia sem compras, acho legal dar uma força e publicar aqui também a campanha dela.

Nessa semana que passou eu comprei um carrinho de controle remoto para um menino carente que mandou uma cartinha para os correios (ainda vou adicionar essa entidade no Portal de Ajuda), mas comprei contrariado. Porquê?

Muitas pessoas que também contribuiram nessa campanha me falaram: "- mas que pão duragem é essa, querendo comprar outro carrinho mais barato!!!". Tentei me explicar para o povo, mas explicar o consumismo infantil para as pessoas não é fácil. Vamos lá, agora vou tentar explicar no blog, por favor continuem lendo:

A criança de 5 anos que me pediu o carrinho não é carente? Se é carente como ela vai comprar as pilhas e a bateria de 9v para o carrinho? Começou assim:

Soube através do email corporativo da empresa que trabalho que eles estavam contando com a ajuda dos funcionários para doações para as crianças, através da intermediação dos Correios. A empresa que trabalho ffez uma parceria com os Correios, adotaram as cartas de um instituição de caridade e as trouxeram pra nós, até aí maravilha!!

Quando peguei um subconjunto das cartas das crianças carentes que querem ganhar um presentinho do papai noel me deparei com um grande problema. Nos pedidos das meninas 80% queria uma Barbie (e escreveram direitinho, porque será?) já no pedido dos meninos 80% queriam um carrinho de controle remoto.... Outros poucos queriam uma casa para mãe e bicicleta (aí não consigo $$$)

Me assustei, brinquei com isso lá, e disse: Todo mundo quer ou barbie ou carrinho de controle remoto? Vou procurar um que quer só um carrinho, pois assim talvez pudesse adotar duas cartas, pois Carrinho de controle remoto é muito mais caro que o sem controle remoto...além do que consume pilhas e baterias, muito caro para crianças carentes.

Juro pra voces, já estava cansado de passar carta atrás de carta e não achar nenhuma onde o menino só queria um carrinho (sem controle). Até que... Eba!!! Achei uma escrita só carrinho de um menino de 5 anos. Peguei-a bem rápido e disse: Esse menino é inteligente, pensou que sem controle é mais viável...

Logo em seguida, quando cheguei na minha mesa de trabalho e fui ver o desenho das criança com mais cuidado, o que vi? Um controle remoto desenhado do lado do carrinho.... É, ele desenhou o controle remoto até melhor que o caminhãzinho.

Nessa hora pensei - Não tem jeito vou ter que comprar um com controle...

Então gastei R$ 29,90  num carrinho bem bonitinho vermelho (acho que era uma  BMW de uns 15 cm) e fui comprar as pilhas, que foi baratinho, acho que 9,90 as pilhas e 12,90 a bateria de 9v. Ou seja 76% do presente foi gasto em baterias.


Embrulhei de presente e tals... Entreguei o presente. A criança com certeza vai ficar feliz.

Moral da história, nos comercias deveriam dizem que as pilhas e baterias valem quase o mesmo preço do brinquedo que estão veiculando. E deveriam pensar que brinquedos sem pilha, além de impactar menos o meio ambiente podem ser divertidos e mais acessíveis para uma população com menos recursos...

Minhas conclusões são:

1 - Com essa grana poderia ter feito umas 3 crianças felizes nesse natal comprando carrinho sem controle remoto (e olha que muito bons)

2 - As escolas deveriam instruir mais as crianças, ou talvez definir quais são as opções para o papai noel comprar.

3 - O maior culpado, os comerciais que vomitam esses brinquedos que prometem a felicidade da criança.

4 - Ser pai nesse mundo consumista, onde os comercias confundem nossos pequenos não deve ser fácil e não deve ser barato. Leiam a matéria da Yolanda do Ponto do Power Point e veja o que um pai disse para a Folha de São Paulo. Acho que vocês vão chegar na mesma conclusão que eu e que muitos países desenvolvidos chegaram: Precisa-se controlar melhor os comerciais que são dirigidos ao público infantil, precisamos respeitar mais a realidade das famílias brasileiras, precisamos frustar menos as crianças, prometendo a elas que a barbie, o carrinho de controle remoto, o notebook da Xuxa entre outros brinquedos do gênero levarão elas ao arco-íris, à felicidade....

Veja o vídeo acima e reflitam se concordam ou não com o combate ao consumismo infantil. Caso queiram contribuir com o ZÉ, divulguem, caso queiram conhecer a campanha veiculada pela Yolanda, leiam o post dela... Cliue no banner abaixo.


http://pontodopowerpoint.blogspot.com

Feliz dia sem compras a todos, que outros venham.
Leiam mais matérias do Zona de Equilíbrio sobre o dia sem compras, clique aqui





sexta-feira, 26 de novembro de 2010

O que você vai fazer dia 27?



Photo credit: schmitee from morguefile.com
O que você vai fazer dia 27? Ou melhor, o que você não vai fazer dia 27?

Porque muitas pessoas ao redor do mundo já decidiram o que não vão fazer nesse dia. Não vão comprar nada, fazendo a parte delas no “Dia Mundial Sem Compras”. Então eu vou te fazer um convite: se juntar a nós e experimentar o seu dia sem compras da melhor maneira possível.

Um dia sem compras pode não ser muito, e efetivamente, não teremos grandes resultados em termos de impacto ambiental deixando de consumir durante um dia, e voltando a girar a roda do consumo no dia seguinte. Então por que um dia sem compras? Um dia sem compras serve para, entre outras coisas, fazer valer uma postura no mundo. Dar uma breve sacudida na economia, lembrando-a de que no final das contas, ela ainda depende da gente, e que temos sim, algum poder sobre seu rumo.

Essa sacudida, esperamos, se fará sentir por todos aqueles que não acreditam que um dia, consumidores mais conscientes tenham o direito de influenciar nos desígnios bilionários da economia. Nós, com essa breve sacudida, mostraremos que com muita persistência, novos hábitos podem ganhar força e mudar coisas que até então, ninguém nunca diria ser possível mudar.

Essa mudança trilha o caminho de um bicho chamado sustentabilidade. E não podemos levar o “susto da sustentabilidade” quando ouvimos falar nisso. É possível passar um ou vários dias sem compras, e com um pouco de criatividade, readaptar nosso cotidiano, substituindo rotinas insustentáveis por outras, mais saudáveis, mais gostosas e prazerosas. 

Passar um dia sem compras significa imaginar soluções fora do eixo do consumo como forma de inclusão social e entretenimento. Passar um dia sem compras significa encontrar os amigos em casa, pedir para cada um trazer o que tem de bom na dispensa e na geladeira e fazer um piquenique inusitado. Significa aproveitar a casa, cuidar do jardim, e sair para dar aquele passeio com nossos companheiros de quatro patas. 

Falando em companhia, pode ser uma ótima oportunidade para dar mais atenção pras pessoas que atropelamos na correria do dia-dia, conversar, alegrar, confortar. Fazer um passeio de bicicleta, brincar com os filhos, fazer pão, ouvir bons cd’s, encher a casa de música...
 E aí, já teve algumas ideias? O que você vai fazer dia 27?

Leia mais sobre o dia sem compras, clique aqui



Leia mais matéria de Caroline em http://umpardeoculos.blogspot.com
 

 


Quer a verdade? Se sim, então leia blogues.


Quer saber a verdade?

Se sim, então leia blogues?

Se você assistiu ao noticiário hoje percebeu que cobriram bem o caos da violência do Rio, falaram da Cop 16 etc... Mas...  E por acaso vocês ouviram alguém na mídia convencional falando alguma coisa sobre o Dia sem consumo? Não!!!

Eu também não!!! Mas e por acaso vocês ouviram falar do Black Friday (Sexta Negra)... Ahh!!! Isso sim falaram, inclusive levaram até participações de especialistas para orientarem o consumidor em como fazer uma boa compra, como não cair em golpes pela internet, etc.... 

Bom e o dia sem compras, já não é quase dia 27? Bem, esse aí, vocês terão que ler nos blogues, como esse e como vários que cito na minha aba parcerias do ZÉ. Infelizmente ou Felizmente, diria que felizmente, pois daqui a pouco vem uma lei que impede nós de escrevermos livremente o que pensamos. 

Resumo esse quadro em que nos encontramos nos seguintes placares:

Consumo irresponsável 1 X 0 Consumo consciente

             Black Friday 1 X 0 Dia Sem Compras

Com esse placar temos que isso:

Black Friday

gera isso:
Fome
Fonte da Foto: http://professorjbosco.blogspot.com

Caso você queira reverter esse placar, a Caroline dará algumas dicas de como fazer isso na próxima matéria a seguir. Sem muito mais palavras, pense nisso. 

Leia os blogues, pois eles estão realmente preocupados com o que devemos nos preocupar. Conforme escutei de um palestrante no Seminário Internacional de Mudanças Climáticas: "As grandes mudanças e o novo modelo de desenvolvimento virá de baixo para cima, do povo." Ou seja, acho que os blogues aqui representam o pensamento do povo, não serão os políticos que irão construir essa mudança, somos nós. Leia o quanto você puder sobre o dia sem compras e espalhe por aí. Ajude o ZÉ, ajude seu mundo a tratar bem das crianças dele.

Leia mais sobre o dia sem compras, clique aqui

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Novo visual do ZÉ: Confiram

Pessoal, sem muitas palavras, confiram o novo visual do Zona de Equilíbrio.
Agradeço de coração à designer Caroline que veio do céu e fez isso tudo pela ZÉ.

O mínimo que posso fazer é considerá-la uma colaboradora do Blogue e indicá-la para quem possuir interesse em dar nova vida ao blogue/site. Entrem em contato com ela para fechar trabalhos de design. Vale a pena investir pois o retorno vem rápido.

Designer: Caroline Derschner Videira

http://umpardeoculos.blogspot.com/

E abaixo algumas das logos que ela produziu, dando nova vida ao ZÉ:




E aí o que acharam? Veja no link abaixo o histórico de visuais do ZÉ:

A campanha "Ajude a Ajudar" já começou e não pode parar

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Campanha "DIA SEM COMPRAS" com Alanis Morissette:Offer



Dia 27 de novembro é o dia mundial sem compras.
O que é o dia mundial sem compras?

A organização canadense AdbustersMedia (adbusters.org), lançou o desafio Buy Nothing Day – Dia Sem Compras há 14 anos, mobilização essa que propõe que o dia 27 de novembro seja um dia sem compras. Nesse dia, os ativistas promovem ações e mobilizações que buscam a reflexão sobre o consumo, propondo um momento de pausa no cotidiano para que nós possamos pensar sobre o impacto que estamos causando ao meio ambiente no nosso dia a dia.

Porque escolheram essa data?

A data escolhida tem um motivo especial, já que é o primeiro final de semana após o dia de ação de graças nos EUA (data em que os americanos consomem loucamente) e que também marca a proximidade do Natal1.

Porque o vídeo da Alanis?

E faltando 3 dias para a campanha oficial resolvi escrever essa matéria para dar início a sensibilização de todos quanto a necessidade de refletirmos sobre o consumo. Ninguém viverá sem consumir, mas saber consumir conscientemente é algo indispensável a todos, para o bem do planeta e das pessoas. Isso aprenderemos juntos. A aliança do ZE, entidades e você será, juntamente com todos envolvidos, responsável por essa mudança. O ZE já está se informando sobre entidades que trabalham justamente a consciência do consumo para produzir matérias legais e disponibilizá-las no Portal de Ajuda: Ajuda você Ajudar.

Para dar início nessa campanha resolvi exibir esse vídeo que mexeu muito comigo, por um lado fiquei muito triste, por outro fiquei feliz pois ele me deu mais forças para continuar nessa campanha do Ajude o Zé, o retorno está sendo invisível, mas eu creio que as pessoas estão se sensibilizando com os problemas que venho apresentando aqui. Na verdade estamos gradualmente aprendendo juntos e agindo juntos....

Depois que assisti o vídeo no youtube, vi um comentário de uma jovem de 23 anos que escreveu isso há 6 meses atrás:

Sabe eu fico aqui na minha casa sem fazer nada e agora estou me perguntando o que eu posso fazer pra melhorar a vida de alguém? para lutar junto contra essa desigualdade? e não sei por onde começar tenho 23 anos e carrego no coração a esperança de um mundo mais justo. 2

Bom, se eu pudesse falar com ela agora diria para ler essas matérias do Zona de Equilíbrio, pois aqui estamos criando um espaço para as pessoas se orientarem em como ajudar o mundo e outras pessoas. Aqui a pessoa elege de forma espontânea o que quer ajudar...

Somos todos ignorantes e nosso modelo de desenvolvimento é ignorante, precisamos urgentemente nos mobilizar no sentido de entender os problemas, propor novos modelos e agir em função de um mundo melhor para todos.

No dia 27 de novembro pare e pense por 2 minutos porque o consumo exagerado é prejudicial ao mundo, depois visite o site da Akatu  e veja outras respostas. Eu enumeraria da minha cabeça alguns fatores: Produz muito lixo, engorda as pessoas, cria uma cultura de compra compulsiva, explora as pessoas produzem e que compram, aumenta a competitividade das pessoas de forma que se degladiam o tempo todo em troca de obterem mais e mais coisas, modas etc.... Coloca isso na balança... É muito pesado, por isso o mundo está caótico. O modelo de desenvolvimento atual precisa de um consumo crescente para continuar crescendo, gerando lucro, enchendo o bolso de uma minoria e explorando a vida de uma maioria que se degladia para sobreviverem...

Minha ajuda nessa campanha não é dizer pra ninguem que não compre nada no dia sem consumo, mas que pare e reflita sobre isso. Não peço que diminuam o consumo só nesse dia, mas em todos. O mundo precisa dessa sua consciência, sua geração e a geração dos seus filhos vão sofrer muito em virtude do culto ao consumo. Busque o equilíbrio...

Mais matérias serão exibidas sobre o dia sem consumo. O ZE também dará continuidade ao tema CONSUMO elecando as entidades que trabalham em prol do combate ao consumo desenfreado. Mas fará isso aos poucos, na medida e que o tempo dele permitir.

Gostou da matéria? Se sim vote e comente abaixo. O ZE fez sua parte, faça a sua, ajude divulgando essa matéria aos seus contatos. E caso conheça alguma entidade que forneça ajuda relativa ao consumo, por favor comente abaixo para que o ZE possa pesquisar.

Leia mais sobre o dia sem compras, clique aqui

sem_compras_ok_go3

Fontes:
1: http://atitudeco.wordpress.com/2010/11/16/dia-sem-compras-buy-nothing-day/
2: http://www.akatu.org.br/central/noticias/2010/27-de-novembro-e-dia-mundial-sem-compras
3: http://www.youtube.com/watch?v=FiVRfxilPNU



segunda-feira, 22 de novembro de 2010

EMPRÉSTIMO POPULAR - O Zé assistiu na Globo News: ACREDITAR


O Brasil possui muitas desigualdades disso todo mundo está cansado de saber, só para exemplicar, existem cortadores de cana que ganham R$ 3,00 por tonelada cortada de cana de açúcar1, triste não...

Enquanto em outros arredores do mesmo país algumas pessoas gastam R$ 100,00 numa simples refeição. Ou seja se o cortador de cana quiser um dia comer nesse mesmo lugar, ele precisará cortar 33 toneladas de cana. Isso não é justo.

Sabemos que nesse mundo dinheiro não nasce em árvore, ainda mais nas árvores de pessoas muito pobres. Então qual o futuro dessas pessoas que não tem boas expectativas quanto ao seu futuro digno? O Zé concorda que não é dos melhores.

Mas nesse Domingo, enquanto o Zé assistia a um programa da Globo News, passou algo muito interessante, o suficiente para acreditar que existe luz no fim do túnel para essas pessoas: Empréstimos populares que podem mudar a vida de uma família toda. Prestou bastante atenção no restinho do programa e sentiu então que era hora de incrementar o quadro do Ajude você ajudar, passando a incluir essa entidade no rol daquelas que ajudam e é claro produzir uma matéria sobre isso. Mas com todas as fontes citadas o trabalho fica razoavelmente fácil, a idéia é divulgar o máximo possível essas boas entidades que ajudam o mundo alcançar o seu equilíbrio, nesse caso de distribuição de renda e oportunidade iguais (Se tenta).
Não é só na base doação que se ajuda as pessoas, basta acreditar nelas para que provem que são capazes de fazer uma revolução com pequenas quantias.

Aqui trata-se de um conceito econômico, que o Zé que o vai arriscar citar, nas palavras da fonte citada, o efeito multiplicador na economia:

Quando o dinheiro é inserido na economia faz funcionar a teoria do efeito multiplicador. Como num efeito dominó, um setor favorecido estimula um seguinte, e assim por diante. Nesse contexto a entrada de dinheiro numa economia pouco dinâmica, como aquelas afastadas dos centros consumidores, por exemplo, ou que tem pouco fator competitivo, faz com essa economia se dinamize 2. Leia mais em: APOSENTADORIA RURAL E O EFEITO MULTIPLICADOR:

O Projeto Acreditar, uma organização de microcrédito rural, dá oportunidade de acesso a créditos a grandes empreendendores com alto potencial e grandes projetos 3. Essas pessoas teriam sérias dificuldades de terem empréstimos no mercado normal. O Zé apenas assistiu ao vídeo e achou legal, recomenda que as pessoas conheçam essa iniciativa assistam aos vídeos referentes e tomem suas conclusões. Caso achem interessante votem na matéria logo abaixo para que um consenso coletivo seja formado.

Gostou da matéria? Se sim, agora é com você, faça sua parte ajudando o Zé a ajudar, envie para seus contatos essa matéria e vote abaixo afim de criarmos consenso coletivo sobre as entidades apresentadas.



domingo, 21 de novembro de 2010

Uma loira gelada sustentável



Pessoal, é isso mesmo. Já tem alguns anos que em países do Hemisfério Norte estão sendo produzidas de forma sustentável a bebida que o brasileiro mais aprecia, a cerveja.

Onde isso começou? Pasmem! O príncipe Charles da Inglaterra produz cerveja sustentável em sua fazenda desde os anos 90 1. A história começou com o uso da propriedade Real para a produção de produtos orgânicos e com o tempo o príncipe de Gales resolveu produzir sua própria cerveja de modo sustentável.

E essa “moda” pegou nos países do norte. Atualmente, um dos maiores produtores e consumidores são os EUA, tanto que eles já possuem um festival próprio, o Festival dos Cervejeiros Orgânicos, que já está na edição 6 com mais de 50 marcas participantes e 20 mil visitantes 2.

De acordo com Nelmara Arbex, do blog Sustentabilidade com Pimenta3, a cervejaria mais sustentável do mundo é a americana New Belgium, segundo o ranking do site Greenopia. Ela produz cerveja orgânica, trabalha com fornecedores locais e adota outras práticas socioambientais4.

Mas e o Brasil? Somos grandes produtores de cervejas de excelente qualidade e também grandes consumidores, mas a produção sustentável ainda está engatinhando por aqui.

A grande sacada não é apenas fazer uma cerveja com produtos orgânicos, livres de agrotóxicos, mas é começar a mudar o sistema de produção para que ele também seja sustentável.

Alguns exemplos são empresas também americanas abastecidas com energia solar e eólica, como a Sierra Nevada, cujo estacionamento é coberto com painéis capazes de gerar 1,9 megawatt de energia, atendendo a 40% das necessidades da fábrica e 100% das atividades do escritório5.

Mas o objetivo disso tudo não é apenas a preocupação com os recursos do nosso planeta, é possível também a obtenção de lucros por parte das empresas que resolveram trabalhar em escala sustentável, pois é cada vez maior o número de consumidores e clientes preocupados e interessados em consumir produtos orgânicos.

O Brasil precisa, o mais rápido possível, começar a investir nesse tipo de produção e transformar nossas cervejas e chopes em produtos que agridam menos o ambiente desde o processo de plantio da matéria-prima, indo para a produção, transporte, venda e até chegar ao consumidor final, o brasileiro, que tanto adora um happy hour com os amigos, regado a uma cervejinha bem gelada e saborosa.

Palavras-chave: sustentabilidade, Ana Flávia, cerveja, economia.

Fontes:

  1. Revista Istoé. Ano 34, no.2134, outubro 2010.
  2. Revista Istoé. Ano 34, no.2134, outubro 2010.
  3. http://sustentabilidadecompimenta.blogspot.com
  4. http://brainbox.labin.pro.br
  5. Revista Istoé. Ano 34, no.2134, outubro 2010.

Gostou da matéria? Se sim, agora é com você, faça sua parte ajudando o Zé a ajudar, envie para seus contatos essa matéria e vote abaixo.

Para ler mais artigos da Ana Flávia, clique aqui.




Follow zonaDequilibrio on Twitter

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

COLETA DE ÓLEO - O Zé leu sobre assunto e deu uma dica: Ecóleo

Crédito da Foto: http://www.acessa.com
Porque devemos reciclar o óleo de cozinha? 
Para desviar o óleo da tubulação (que é um problema recorrente nas cidades) e dos cursos de água, em especial pela preservaçao do maior bem que possuímos - A ÁGUA, sem a qual não há vida, Como foi bem exemplificado pelo entrevistado do programa Cidades e Soluções da Globonews que fez uma comparação do número de peixes que se pescava na rio em que frequenta há 20 anos ser 5 vezes maior naquela época em relação a hoje.

Como é o processo de coleta e reutilização do óleo? Abaixo um extrato do texto que está no site da Ecóleo, para ler todo o texto, por favor clique no link logo abaixo disponibilizado:
Segundo a Oil World, o Brasil produz 9 bilhões de litros de óleos vegetais por ano. Desse volume produzido, 1/3 vai para óleos comestíveis. O consumo per capita fica em torno de 20 litros/ano, o que resulta em uma produção de 3 bilhões de litros de óleos por ano no país.
Se levarmos em consideração o montante coletado de óleos vegetais usados no Brasil, temos menos de 1% do total produzido, ou seja, 6 milhões e meio de litros de óleos usados. E o restante? Leia em Reciclagem do óleo.

O que é o Ecóleo?

Surgiu de uma iniciativa, em janeiro de 2007, de uma líder comunitária para que lançou uma campanha de coleta de resíduos de oléo de cozinha usado, de porta em porta em São Paulo. O projeto deu tão certo que tomou dimensões extra municipal e até para fora do país. Veja a história completa da Ecóleo aqui.

Veja Ecopontos em http://www.ecoleo.org.br/eco_pontos.html

O mais legal é que a Ecóleo disponibiliza um mapa de Ecopontos que servirá para todos. Para aquelas cidades que não possuem Ecopontos, talvez seja a hora de alguns cidadãos de atitude que morem nessas cidades entrarem em contato com a prefeitura e com a Ecóleo para saber como começar a fazer isso. Não é difícil se alguém se prontificar a ser um articulador dessa campanha, dessa causa. A água e a madre Terra lhe agradecerá, e você poderá contar a seus filhos que foi um agente que protegeu a água de sua região, vamos lá, mãos a obra... 

Um programa de coleta seletiva não é tarefa difícil de se realizar, porém é trabalhoso exige dedicação e empenho. Engloba três etapas: PLANEJAMENTO, IMPLANTAÇÃO e MANUTENÇÃO, todas com muitos detalhes importantes. Leia mais em: Implante a coleta seletiva em seu bairro.

Para uma explicação bem melhor que a minha, assista o vídeo do programa "Cidades e Soluções" que é apresentado na Globonews e foi disponibilizado pela Ecóleo, para ver o vídeo clique aqui.  Não reproduzo aqui pois foi alertado que não pode, é ilegal... Mas é muito boa a reportagem que fizeram sobre esse tema, vale a pena ver!!! Veja também os outros vídeos disponibilizados pela TV Ecóleo não tive tempo de ver todos...

Espero que tenha ajudado você a pensar e querer começar a colaborar com a coleta do óleo, acho que a partir da Entidade citada possuímos informação suficiente para começar a coleta de óleo usados em nossa casa e darmos um destino adequado. Parabéns a Ecóleo pela campanha.

Gostou da matéria? Se sim, agora é com você, faça sua parte ajudando o Zé a ajudar, envie para seus contatos essa matéria e vote abaixo.

Fontes:

Os benefícios da reciclagem do óleo de cozinha - Globonews

http://www.ecoleo.org.br

http://www.acessa.com




 

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

O Zé hoje recebeu muita ajuda, obrigado !!!!


Hoje foi um dia muito legal, após o trabalho de horas a fio criando a campanha e divulgando, tive como retorno a duplicação do fluxo de pessoas no Blog. Mas não creio que seja só o trabalho de divulgação em si a responsável por isso, mas a idéia e a essência da campanha. Minha experiência no blog me permite afirmar isso, pois uma matéria qualquer não dobra o acesso ao blog de um dia para o outro, exceto quando se disponibiliza um vídeo legal ou uma nota de alguém famoso (Sem copnsiderar as postagens por aí afora, como por exemplo as "20 mulheres mais gatas do salão do automóvel" e por aí vai, mas não é o caso do Zé, essas postagens apelativas com certeza provocam de 5 a 100 vezes mais fluxo que a postagem da campanha do pobre Zé, rsrs)

Por isso venho agradecer a todos que se sensibilizaram pela campanha pequena que investi até aqui. Agora tendo uma missão declarada, irei aos poucos preencher as linhas daquela tabela da aba "Ajuda você Ajudar" e escrever matérias relacionadas, a próxima já está sendo trabalhada. Como sempre não procuro ser o especialista da área, pois não sou e nem pretendo saber de tudo. Mas tenho duas missões agora: 

A primeira é sempre me informar dos problemas que andam desequilibrando as pessoas e o mundo, para isso busco sempre muita informação.

A Segunda é fazer um resumo desses problemas através de meus posts tentando encontrar entidades que já investem na solução do problema em foco. Como na maioria das vezes essas entidades necessitam da ajuda das pessoas em geral, procuro aproximá-las da entidade, em questão através do portal de ajuda que estou criando gradualmente.

Muito obrigado a todos, espero que gostem da missão, acompanhem os posts, comentem e me ajudem na divulgação.

Obrigado,
Atenciosamente

Ajudem o Zé...


quarta-feira, 17 de novembro de 2010

A campanha "Ajude a Ajudar" já começou e não pode parar


Clique aqui e veja como nasceu a campanha do Ajude o Zé.

Primeiro tive o sonho, agora comecei a concretizar esse sonho.  E com muita felicidade lhes apresento a ilustração que representará a campanha do "Ajude a Ajudar".  Fui eu mesmo quem fez, não sou nenhum profissional, mas quando era mais jovem gostava muito de desenhar, acho que agora com esse blog vou acabar retomando meu lado artístico...

Como alguns puderam perceber, adicionei ao Zona de Equilíbrio o Google Adsense, que de forma majestosa faz propagandas de itens totalmente relacionados às temáticas abordadas aqui. Assim não vejo nenhum problema em utilizá-lo, não está contrariando meus princípios de equilíbrio, pois inclusive mostra algumas empresas que se preocupam com o equilíbrio em seus produtos (Não é uma afirmação genérica, pois existem exceções e empresas que se dizem verdes mas não são nada disso, só tentam vender a idéia para se promoverem).

Bom e o que o Google Ad sense tem haver com a ilustração? Bem, precisarei daqui a pouco evoluir o blog para algo mais profissional, então caso meu projeto tenha a aceitação das pessoas e consiga um fluxo legal de pessoas, consiguirei auferir algum dinheiro que poderá ser reinvestido na estrutura do serviço e melhoria como um todo. Quem sabe poderei pagar um ilustrador profissional para melhorar a cara da campanha, rsrs !!!...

Enquanto isso não acontece estou feliz com o que consegui produzir até agora e até achei meu desenho bonitinho...

O que vocês acharam? Votem aí na postagem...e comentem. Acredito que com paciência, trabalho, amor e equilíbrio, gradualmente conseguiremos alcançar nossos objetivos.

Só para constar, de curiosidade, veja as duas outras versões iniciais dos desenhos que fiz para representar a campanha:


Versão 1:


Versão 2:


Versão 3

Versão 4 - Atual


Ajude a divulgar a campanha "Ajude a Ajudar" Logo 120 x 120 pixels


Mais opções de banners veja em: Portal de Ajuda

Sites/Blogs que acompanho