terça-feira, 19 de outubro de 2010

Você é rico?

rico
Crédito da Figura: http://www.papoeconomico.com.br
 
   A resposta é: Depende do ponto de vista... O que é ser rico?

   Hoje achei um post muito interessante que mostra que não estou sozinho na filosofia da sustentabilidade. Pessoas que buscam ganhar muito dinheiro vem se perguntando cada vez mais o que é ser rico. Essa questão foi a mesma que me levou a trocar o tema desse site anteriormente sobre "estratégias de investimento" para "Sustentabilidade". No momento em que mudei essa abordagem vi que não queria ser Rico mas ser "Rico". Rico em outros tantos aspectos diferentes do dinheiro em si. E percebi também que o conselho do meu pai realmente estava certo: "Dinheiro é apenas um meio...."

   Para ser rico não adianta ter a conta bancária abarrotada de dinheiro e poder comprar o que quiser. É necessário alcançar a zona de equilíbrio social, familiar, amorosa, profissional, ambiental, financeira entre outras.
   O problema é que as pessoas acham que somente a questão financeira as transformarão em pessoas ricas... Vi um vídeo no youtube esses dias falando sobre a exploração em geral e a visão de lucro dos investidores sobres as empresas em contraste com a destruição do meio ambiente que esse "lucro" acarreta e destruição da vida, no final da apresentação o autor dizia que uma hora o homem vai perceber que o dinheiro na sua forma (papel) não alimenta ninguém... quando esse dia chegar será tarde, pois estaremos todos pobres...


   Estou escrevendo sobre isso pois acho que tem haver com sustentabilidade da nossa vida no planeta. Acho que não se lê por aí notícias relacioandas a isso com facilidade. Por isso coloco no meu blog. Espero que essa postagem desperte em alguns inspiração para buscar mais qualidade de vida...

   Falem mais sobre isso. Façam comentários...
   Abaixo os links que inspiraram essa postagem...



4 comentários:

  1. Muita gente confunde riqueza com ostentação. Hoje eu me considero rico, pois consigo o que preciso e ainda sobra um pouquinho.

    ResponderExcluir
  2. Ana Flávia Milazzo20 de outubro de 2010 10:42

    Apoena, adorei o tema.

    Nosso dia a dia é tão cheio de tarefas e obrigações... sempre correndo atrás dos nossos sonhos, que na maioria das vezes, são coisas relacionadas a ganhar mais dinheiro.
    Não digo que temos de desprezar este item, que como seu próprio pai disse, é apenas um meio de conseguirmos outras coisas como mais conforto, melhor educação para nossos filhos etc.
    Antes de qualquer coisa seria pararmos para analisar o que estamos fazendo de nossas vidas e daqueles que nos cercam, por causa dessa busca desenfreada para enxermos nossos cofrinhos.
    Vi um exemplo de perto a um tempo atrás.
    Conheci um homem de quase 50 anos, dono de uma empresa em expansão. Já tinha ele uma situação financeira muito boa, mas sempre reclamando dos funcionários, querendo ter mais e mais lucros, trabalhando muitas horas por dia. E o pior é que seus 3 filhos eram ainda pequenos e só o viam aos finais de semana, pois nos outros dias estava sempre longe, viagando. Férias!!!! Era algo que ele não conhecia, pois geralmente tirava 1 semana pra viajar com a família e mesmo assim ainda ligava para a empresa combrando resultados. Me diga, isso é ser rico?!
    Se for, esse rico eu não quero ser. Quero ter dinheiro sobrando no banco, casa confortável, um bom emprego, mas quero tempo pra curtir minha família, conhecer lugares que não conheço, fazer novas amizades e conservar as velhas. Isso pra mim é ser rico!!! Usar o fruto do meu trabalho para ter qualidade de vida.

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito Apoena. Dah pra viver bem com menos, com responsabilidade e respeito ao planeta e, consequentemente, as futuras gerações. Fiz uma opção de vida há 1,5 ano atras justamente visando tempo e qualidade de vida. Fico feliz todas as vezes que lembro disso pq não me deixei deslumbrar com a toxica vida corporativa esperando ate os 50 e poucos pra me ver doente de stress e falta de sentido maior.. Hj a minha vida eh rica de satisfação, sentido e realizações.... Algumas pessoas esquecem que existe opcao e que somente nos mesmos que somos responsaveis pela nossa propria felicidade. Abracos, Mariana Palmieri

    ResponderExcluir
  4. Gostei do post, Apoena. Eu tbm estou buscando qualidade de vida e não só ter dinheiro!
    Deixo aqui um provérbio indígena peruano:

    "Cuando sea cortado el último arbol, pescado el último pez y desaparecido el último rio, el hombre va a descubrir que el dinero no se come" Proverbio indigena.

    ResponderExcluir

Ajude a divulgar a campanha "Ajude a Ajudar" Logo 120 x 120 pixels


Mais opções de banners veja em: Portal de Ajuda

Sites/Blogs que acompanho